Quais profissionais devem utilizar as meias de compressão? | Meias Express Pessoas que trabalham em pé por longos períodos, de 6 a 8 horas diárias, podem utilizar meias de compressão para aliviar sintomas como dor e o inchaço nas pernas. Este conselho vale até mesmo para quem não tem nenhuma insuficiência venosa.

Quais profissionais devem utilizar as meias de compressão?

Publicado: 06/11/2017

No geral todos os profissionais que de uma certa formariam muito tempo em pé ou sentado devem...


Quais profissionais devem utilizar as meias de compressão?

Uma parte considerável dos pacientes com problemas circulatórios exerce profissões cuja rotina colabora para que o problema se agrave. Nesses casos, uma ótima solução pode ser a utilização de meias de compressão como tratamento e prevenção, evitando o prejuízo da saúde e do desempenho profissional.

Segundo informações da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV), a trombose atinge entre 44 e 145 mil pessoas, a cada 100 mil. É um número alto, ainda mais levando em consideração que essa doença pode ser prevenida.

Nesses casos, uma ótima solução pode ser a utilização de meias de compressão como tratamento e prevenção de maiores problemas, evitando que eles prejudiquem sua saúde e seu desempenho profissional.

Mas quais profissionais devem utilizá-las para evitar esses males, incluindo os sintomas indesejados de dor e inchaço nas pernas e nos pés no fim de um longo expediente?

A resposta é simples: pessoas que realizam suas atividades em praticamente uma única posição durante várias horas são as maiores candidatas. Ou seja, se o paciente trabalha muitas horas em pé ou passa todo o seu expediente sentado, deve considerar fortemente o uso das meias de compressão.

Profissionais que ficam muito tempo em pé

Pessoas que trabalham em pé por longos períodos, de 6 a 8 horas diárias, podem utilizar meias de compressão para aliviar sintomas como dor e o inchaço nas pernas. Este conselho vale até mesmo para quem não tem nenhuma insuficiência venosa.

Portanto, alguns exemplos de profissionais que podem fazer uso das meias de compressão são:

  • cozinheiros e chefs;
  • garçons;
  • profissionais da saúde, como médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem;
  • professores;
  • comissários de bordo;
  • recepcionistas de eventos;
  • comerciantes;
  • cabeleireiras/barbeiros;
  • cantores e alguns instrumentistas;
  • seguranças.

Todos os profissionais que se identificam com esta descrição encontram nas meias de compressão um recurso que auxilia na melhora da circulação sanguínea de suas pernas e na redução do risco de doenças mais graves. Profissionais com varizes também devem utilizar estas meias para reduzir o desconforto diário.

Ao consultar um angiologista e /ou cirurgião vascular, ele avaliará o seu caso para prescrever a meia elástica com o nível de compressão adequado.

Profissionais que ficam muito tempo sentados

Em razão de muitas profissões estarem intimamente ligadas à tecnologia, alguns profissionais passam a maior parte do seu dia de trabalho sentados. Além da posição sentada não ser naturalmente anatômica para o ser humano, como quando caminhamos ou nos deitamos, as cadeiras utilizadas nem sempre estão ajustadas corretamente em relação à altura da mesa e do próprio usuário.

Em outras situações, como longas viagens, também não é possível movimentar as pernas e os problemas começam a surgir: como dores e inchaços nas pernas. Veja algumas profissões que compõem este grupo:

  • programadores de computador;
  • secretárias;
  • redatores e outros profissionais da comunicação;
  • bancários;
  • motoristas;
  • dentistas;
  • advogados;
  • manicures;
  • pianistas;
  • designers gráficos;
  • artesãos.

Mesmo após prescrever o uso de meias de compressão a estes profissionais, os médicos costumam orientar seus pacientes em relação a alguns hábitos para ajudá-los no tratamento: movimentar-se de tempos em tempos, mesmo com uma rotina muito agitada; levantar-se para tomar água; e alongar-se durante o dia.

Em todos os casos, sendo você um profissional que passa muitas horas em pé ou sentado, é muito importante praticar atividade física como forma de prevenção de problemas circulatórios. Para quem já sofre desse mal, existem atividades de baixo impacto que podem ser recomendadas conforme o caso, tais como caminhadas leves, natação, hidroginástica e musculação com intuito de condicionamento físico (não é recomendada a hipertrofia muscular).

Além disso, o uso de meias de compressão, tanto como forma de prevenção quanto de tratamento dos problemas circulatórios, deve ser considerado também. Procure por um angiologista e/ou cirurgião vascular para saber qual a meia mais adequada para você. Fique de olho e não deixe de optar pelas melhores meias de compressão para o seu caso.

A meias Express oferece a maior variedade em soluções de terapia compressiva. Confira toda nossa linha


Voltar